Adolescente de 17 anos desaparece no Recife e família pede ajuda

131

Uma adolescente de 17 anos desapareceu na tarde do último domingo (19), por volta das 13h30, após ter sido deixada pelos pais no Shopping Recife, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana. Alana Sá Barreto, que mora no bairro do Espinheiro, na Zona Norte, queria ir ao centro de compras para encontrar uma amiga.

Alana, que usava blusa preta, short jeans e sapato preto, estava com uma bolsa de oncinha e um ukulele (instrumento musical de cordas) rosa. Ela foi deixada na praça de alimentação e não entrou mais em contato com os pais. Os familiares ligaram para a menina, mas o telefone estava desligado. Na manhã desta segunda-feira (19), eles prestaram queixa no Departamento de Policia da Criança e do Adolescente (DPCA).

“Ontem (domingo), fomos até a delegacia prestar queixa, mas não conseguimos por conta do prazo. Retornamos hoje (segunda) para formalizar a denúncia”, comentou Samuel Barreto Júnior, irmão de Alana. Segundo ele, a menina teria ido encontrar outra pessoa. “Entramos em contato com algumas amigas, que informaram que Alana teria ido encontrar com um amigo do Rio de Janeiro”, declarou Samuel, que afirmou desconhecer a amizade dela com o rapaz.

Os familiares estão preocupados e pedem ajuda para localizar Alana. Eles temem que tenha acontecido algo com a menina. “Não sabemos quem é a pessoa que ela iria se encontrar porque ela levou o celular. O telefone está desligado e ela não deu notícias desde então”, declarou Samuel. Quem tiver alguma informação que leve ao paradeiro de Alana deve entrar em contato com Samuel pelo telefone: (81) 98736-9749.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Shopping Recife informou que já encaminhou as imagens das câmeras de segurança do mall para a polícia. O delegado Ademir de Oliveira, gestor da DPCA, assumiu as investigações.

Deixe seu Comentário!