Alagamentos deixam população ilhada na Zona Sul do Recife

175

Quem vive ou trabalha na Zona Sul do Recife ficou ilhado nesta quinta-feira (13), diante das chuvas registradas desde a madrugada na capital pernambucana e na Zona da Mata de Pernambuco. Em bairros como Boa Viagem e Pina, várias pessoas não conseguiram se deslocar da região.

Deslizamento de barreira deixa um morto e vários desaparecidos em Camaragibe
Chuvas causaram vários transtornos no Grande Recife
No Pina, o túnel que dá acesso à Avenida Antônio de Góes ficou tomado pela água. O acesso da mesma via através da Avenida Boa Viagem também ficou comprometido devido aos alagamentos.

Ainda na Avenida Antônio de Góes, cerca de 60 jovens aproveitaram para empurrar carros de motoristas que estavam na via. Cada um dos jovens cobra R$ 10 para executar o serviço improvisado.

Em uma parada de ônibus da Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, por volta das 14h, passageiros aguardavam o transporte coletivo em pé, nos bancos do ônibus, já que a área estava alagada. Na rua, uma passageira tentou pegar um táxi, mas o carro não parou.

Mesmo quem consegue acesso ao transporte também tem tido dificuldades de mobilidade. Depois de quatro horas dentro de um ônibus para sair da Boa Vista, no Recife, em direção a Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, a auxiliar de escritório Ângela Maria de Araújo decidiu descer do veículo e caminhar.

“Tem local em que a água está chegando do joelho para cima. Na rua, tem diversos ônibus, mais de 50, um atrás do outro. Acredito que, se eu for a pé, chego às 18h em Piedade”, afirmou Ângela, se referindo ao bairro no município vizinho de Jaboatão dos Guararapes.

Para quem usa o próprio meio de transporte, a solução é esperar. “Estou há mais de uma hora na Avenida Conselheiro Aguiar. Saí de Palmares [município da Zona da Mata] para o bairro da Iputinga [no Recife] e estava chovendo muito”, afirma o motorista Alen Monteiro.

“Eu estava numa parada aqui perto e desci para ir andando até o Derby [no Centro]. De lá, vou para a Caxangá. Sempre faço esse trajeto de moto, mas não tenho condições de ir assim porque está tudo alagado”, diz a vendedora Adriana Cabral, ao descer de um ônibus na Avenida Conselheiro Aguiar.

Transtornos
Ao longo desta quinta (13), outros municípios como Olinda, Jaboatão, Paulista e Ipojuca registraram alagamentos devido às chuvas. De acordo com a Agência Pernambucana Águas e Clima (Apac), há um alerta para a população ribeirinha de São Lourenço da Mata para risco de enchente do Rio Capibaribe.

Na quarta (12), a Apac havia emitido um alerta de chuvas moderadas a fortes para o Grande Recife e a Zona da Mata. Em caso de risco, a população foi orientada a procurar a Defesa Civil.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie