Alerta falso de sequestro de crianças no Recife repercute nas redes sociais

93

Um comunicado emitido pela direção de uma escola estadual no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, repercutiu nas redes sociais, nesta quinta-feira (12), alertando pais e responsáveis sobre uma quadrilha que sequestrava crianças. O documento, no entanto, se trata da propagação de fake news.

No ofício, a Escola Professor Motta Albuquerque diz que um grupo criminoso efetuava ligações telefônicas fingindo realizar uma pesquisa do Estado sobre qualidade de educação. A unidade de ensino alertou os responsáveis para que eles não repassassem dados dos filhos, já que se tratava de uma quadrilha que se aproveitava da inocência dos pais para obter as informações e, em seguida, “sequestrar pessoas e, principalmente, crianças”.

Procurada pela reportagem do Portal FolhaPE, a direção da unidade de ensino informou que foi um “equívoco”. A escola disse que recebeu o alerta e compartilhou o conteúdo com os pais dos alunos sem perceber que se tratava de fake news. A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Educação confirmou que o conteúdo da mensagem é falso.

“A mensagem falsa já existe. A escola recebeu o texto, colocou o cabeçalho com a logomarca do Governo de Pernambuco e os dados da unidade de ensino e repassou para os pais. O objetivo era alertar os responsáveis”, comentou a pasta, que reiterou que o conteúdo do documento é falso.

Deixe seu Comentário!