Aplicativo Freeda promete segurança as mulheres ao andar pelo Recife

86

A Secretaria da Mulher do Recife lançou na manhã desta sexta-feira (9), o aplicativo Freeda, que tem o intuito de melhorar a segurança das mulheres no espaço público da cidade. As mulheres que se sentirem, de qualquer forma, ameaçadas ao realizar um trajeto pela cidade poderão denunciar, através do app, à Ouvidoria do Recife que encaminhará as denúncias ao site da Prefeitura.

O Freeda mapeia os locais inseguros através da geolocalização e dos dados registrados pela Secretaria de Defesa Social, e auxilia as mulheres em como proceder em casos de violência de gênero. O aplicativo é gratuito e, por enquanto, está disponível apenas para o sistema Android.

Com o lema “ Meu andar é livre” o Freeda é o aplicativo ganhador do último Hacker Cidadão, uma maratona de programação promovida pela Prefeitura do Recife, por meio da Emprel no Rec’n’Play do ano passado. No evento, a equipe de programadores desenvolveu uma solução para o problema de segurança com o tema “espaço seguro para as mulheres”. Na plataforma, a usuária também pode encontrar lista de serviços e equipamentos disponíveis para as mulheres que estão em situação doméstica ou sexista.

A designer desenvolvedora do aplicativo, Rocky explica como a ferramenta pode ajudar mulheres a se sentirem mais seguras e a evitarem situações de risco. “Dentro do aplicativo a mulher pode denunciar um local inseguro, essa denuncia será enviada a prefeitura e esta vai distribuir essas denuncias para os órgãos responsáveis pela manutenção da cidade. Além disso, ela poderá ver que pontos estão inseguros no mapa para poder evita-los, e também saber de toda uma rede de apoio que existe para a saúde da mulher de uma forma geral, e como ela pode ser acolhida caso ela precise de alguma coisa”.

De acordo com Rocky, uma das coisas que tornam um local inseguro é a má iluminação. “Já temos pesquisas que provam que existem mulheres que não saem de casa num determinado horário porque elas não se sentem seguras de passar num local escuro, com matagal alto ou que tenha histórico de atividades ilícitas”.

Por isso, a desenvolvedora ressalta a importância da colaboração das usuárias para um melhor serviço e segurança. “Quando as mulheres colaboram com o App, a gente atualiza toda a base de dados para que ela consiga se locomover de uma forma melhor na cidade e, claro para que a gente consiga promover a transformação da cidade em um lugar mais seguro”.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie