O Carnaval está oficialmente suspenso, no próximo ano, em Pernambuco. A confirmação por parte do Governo do Estado ocorreu, durante coletiva de imprensa realizada, no fim da tarde desta quinta-feira (17), no Recife. A não realização do evento, segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, se deve à pandemia da covid-19, que ainda não acabou no mundo e no país.   

“Essa não é uma decisão fácil, é com muito pesar que a anunciamos. O Carnaval representa muito mais do que uma festa para o povo pernambucano, mas, no atual contexto de pandemia, não há possibilidade de realização de um acontecimento desse porte que mobiliza multidões e é, pela sua natureza, um momento de encontro, de aglomeração, que, por vezes reúne, milhões de pessoas”, comentou. 

Durante a coletiva, André Longo também chamou a atenção para o fato de que até o próximo mês de fevereiro – período em que o Carnaval 2021 será promovido – grande parte da população brasileira ainda não estará vacinada. 

Além disso, segundo ainda o secretário, o Estado voltou a patamares preocupantes quanto à proliferação da doença e que foram vistos no final de setembro e início de outubro.

“Diante desses dados epidemiológicos e pelo fato de que, até meados de fevereiro, não teremos ainda a maior parte da população vacinada, o Carnaval de 2021 está suspenso em Pernambuco”, destacou Longo.