Cegonheiros continuam protesto e seguem do Recife para o Agreste

51

No terceiro dia de protesto, os motoristas de caminhões-cegonha seguem com destino ao Agreste de Pernambuco. Nesta quarta-feira (25), cerca de 30 cegonheiros saíram da BR-101, em Prazeres, e seguiram pela Zona Sul do Recife. Por volta das 18h, a carreata passou pela avenida Boa Viagem com destino à avenida Abdias de Carvalho, na Zona Oeste, de onde seguirão pela BR-232 para Gravatá. Segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), o trânsito não apresenta retenções.

A manifestação teve início na última segunda-feira (23) em Goiana, na Região Metropolitana do Recife. Segundo o Sindicato dos Transportadores Autônomos e Microempresas de Transporte de Veículos Congêneres do Estado de Pernambuco (Sintraveic-PE), os cegonheiros protestam contra o Programa de Desenvolvimento do Setor Automotivo do Estado de Pernambuco (Prodeauto), que, segundo eles, não está sendo cumprido.

O Prodeauto é um programa do setor automotivo que dá isenção de 95% de impostos a toda montadora de veículos que se instale no Estado. A finalidade é atrair e fomentar investimentos no setor automotivo, mediante concessão de incentivos fiscais na área do ICMS. Segundo o Sintraveic-PE, a fábrica da Fiat e da Jeep, Fiat Chrysler, em Goiana, não entram em acordo para utilizar a maior parte de sua fábrica para o transporte de veículos.

De acordo com a assessoria do Sindicato, a Jeep e o Governo de Pernambuco ainda não se posicionaram. O protesto deve continuar até a próxima quarta-feira (2) e deve passar por Bezerros, Caruaru, Garanhuns, Surubim e Carpina.