Chuva forte causa transtornos e complica trânsito no Grande Recife

35

A chuva surpreendeu moradores da Região Metropolitana do Recife na manhã desta segunda-feira (18). A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) não emitiu alerta nas últimas 12 horas, mas motoristas enfrentaram ruas alagadas e trânsito complicado em diferentes pontos das cidades.

Até as 11h desta segunda, o local em que mais choveu foi o bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, onde a Apac registrou 69,52 milímetros nas últimas 24 horas. O esperado, para todo o mês de março, é de 227,2 milímetros.

O bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife, teve acumulo de 58,3 milímetros nas últimas 24 horas. A média histórica para o mês, na capital, é de 264,7 milímetros.

A grande quantidade de água impactou diretamente no trânsito que, segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU), contava com ao menos três pontos de alagamento por volta das 8h30: Avenida Antônio de Góes, no Pina; Avenida Doutor José Rufino, no bairro da Estância; e a Avenida Dois Rios, no Ibura. Às 10h30, a chuva havia parado e os três pontos voltavam à normalidade.

A Rua Visconde de Cabo Frio, próximo a Rua Cosmorama, em Boa Viagem, na Zona Sul da capital, também foi tomada pela água na manhã desta segunda e arrastou alguns carros estacionados na via. Moradores relatam que o problema é frequente em dias chuvosos e que o Canal da Borborema transbordou.

Também durante a manhã, um raio atingiu a antena da Rádio Tropical FM, no bairro de Campo Grande, na Zona Norte, por volta das 8h. Ninguém ficou ferido. A estação ficou a manhã toda fora do ar.

A chuva também provocou um curto-circuito em um poste no bairro da Torre, Zona Norte da cidade. Moradores contam que a região ficou parte do tempo sem energia.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie