Ciclofaixa Estrada do Bongi entra em operação na próxima segunda

47

A partir da próxima segunda-feira (20), ciclistas poderão circular com mais segurança na Estrada do Bongi, em uma nova ciclofaixa de 2,66 Km de extensão no trecho que vai se conectar com as rotas Antônio Curado, Cavouco, Inácio Monteiro, Tiradentes, Arquiteto Luiz Nunes, Jardim São Paulo e Compaz Ariano Suassuna. O equipamento está sendo implantado pela Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

A Ciclofaixa Estrada do Bongi compõe a Rede Cicloviária Complementar, implantada pela Prefeitura em consonância com o Plano Diretor Cicloviário da Região Metropolitana do Recife (PDC/RMR), que registra 52 km de rotas existentes, sendo 27,86 (53%) implantados desde 2013. “A Ciclofaixa Estrada do Bongi faz conexão com sete outras rotas, beneficiando doze bairros e atendendo áreas muito frequentadas pelos cidadãos, como o Compaz Ariano Suassuna, hospitais, parques, praças, centros comerciais e terminais de ônibus”, afirmou Taciana Ferreira, presidente da CTTU.

A Ciclofaixa Estrada do Bongi começa na Rua Carlos Gomes, passando pela Estrada do Bongi, Rua Pedro Américo – que passará a ser mão única – pela Rua Isaac Markman e Rua Itapemirim, seguindo até a Rua Cônsul Vilares Fragoso. Os bairros do Prado, Bongi e San Martin serão diretamente beneficiados, já que o equipamento vai se interligar com rotas das Zonas Oeste e Sul, completando uma malha cicloviária de 22 km. Os bairros do Engenho do Meio, Iputinga, Cordeiro, Torrões, Mangueira, Afogados, Mustardinha, Jardim São Paulo e Imbiribeira também serão beneficiados.

Para regulamentar a implantação a CTTU vai realizar a manutenção de toda sinalização vertical e horizontal das vias, incluindo 168 placas de sinalização. Boa parte do percurso da nova rota passará a ter velocidade regulamentada de 40 km/h e o estacionamento nas ruas Pedro Américo e Isaac Markman, deixará de ser permitido nos dois lados, e na Rua Itapemirim, o estacionamento será permitido em apenas um dos lados, com horário estabelecido. Agentes e orientadores de trânsito vão monitorar e orientar os condutores, ciclistas e pedestres, durante as semanas iniciais de implantação da ciclovia. O descumprimento da sinalização, transitando ou estacionando veículos na ciclofaixa, é passível de multas que podem chegar ao valor de R$ 880,41, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Deixe seu Comentário!