Em negociações avançadas com o Flamengo, Everton Felipe reapareceu no gramado do centro de treinamento do Sport, nesta quarta-feira. Mas não treinou com todo o grupo. Fez um trabalho à parte com o zagueiro Durval, que se recupera de lesão na panturrilha esquerda, e o volante Nonoca. A saída foi tomada para que o jogador não sofra lesão nesta reta final de tratativas. O negócio com clube carioca é cada vez mais real. Pela primeira vez, o técnico Claudinei Oliveira falou sobre a perda da peça.

Claudinei disse que sabia que Everton Felipe fatalmente seria usado pelo Sport como uma maneira de conseguir dinheiro, mais cedo ou mais tarde. Aos 21 anos, o jogador está sendo negociado com o Flamengo por R$ 6 milhões, pagos de maneira parcelada. Os cariocas devem ficar com 50% dos direitos.

Eu sabia que ele tinha mercado. É um jogador que atuou com a gente em alguns jogos, vinha se dedicando muito nos treinamentos, ele tem qualidade. E eu sabia que era um dos jogadores que o Sport podia arrecadar dinheiro para pagar as coisas. Estamos felizes porque ele vai para um time da mesma divisão do Sport, não é de uma divisão inferior. Não sei se concretizou, mas desejo muita sorte porque ele é um bom menino. Se ele for, desejo o sucesso porque ele merece.

Necessidade de reposição

Claudinei Oliveira não escondeu que o clube precisa de reposição. Até agora, o Leão não conseguiu trazer um novo volante para preencher a lacuna deixada por Anselmo, que foi para o Al-Wheda, da Arábia Saudita. Além disso, é sabido que o clube busca um meia e um atacante. Outra peça perdida foi Henríquez, que rescindiu com o Leão para acertar com o Vasco.

Apenas o lateral-esquerdo Jean, que estava disputando a Série D no Tubarão-SC, chegou durante o período de parada ocasionado pela Copa do Mundo. A tarefa de trazer mais jogadores não é fácil por conta das dificuldades financeiras atravessadas pelo clube. Por isso, na visão de Claudinei, o Leão tem de ser cirúrgico nas contratações porque a margem de erro é menor.

– Temos de repor. Estamos tentando, buscando. A nossa dificuldade maior é porque não podemos contratar dez para acertar em dois. Não temos margem de erro. Vimos alguns clubes contratando, mas não podemos errar até para não prejudicar a situação financeira do clube. Eu não posso ficar pedindo contratação por contratar. Eu tenho de ser parceiro do clube, contratar pontualmente, errando o mínimo possível. Por isso que estamos demorando para contratar. É muito ruim para o Sport uma contratação errada. Temos de ter mais cautela, mas temos de buscar. Porém, sem desespero porque eu confio em quem está aqui.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie