Com bolo e festa, aposentado comemora aniversário de 60 anos de caminhão em Caruaru

49

Essa não é e nunca foi uma relação comum entre um dono e um caminhão. Aos olhos desse senhor, o Mercedes LP 321 tem vida e mais que serventia para o dia a dia de trabalho. “Ela pode ser LP321, mas pra mim é Luluzinha”, disse seu Severino Carvalho, o dono do veículo, que mora em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Seu Severino tem a Luluzinha há pelo menos 40 anos, é o quinto dono do caminhão. Ela sempre esteve bem presente na vida da família Carvalho. Nas fotos antigas, não poderia faltar a Luluzinha no registro, como no carnaval de 1985.

É tanto carinho com o modelo altamente bem conservado que no aniversário de 60 anos do caminhão foi aquela festa com bolo e tudo. Filhos, netos e bisnetos de seu Severino fizeram uma homenagem a valente Luluzinha.

“A primeira vez fui carregar boi na Bahia e depois fui carregar pedra, carregar o que aparecia, até mudança. Era carroceria, carregava tudo, mato, pedra. Criei os filhos, eduquei tudinho, já tenho neto, bisneto… Não todos assim diretamente, mas ela ajuda a todos. Peguei muita amizade um com outro e ela sempre deu certo, um carro que não dá trabalho. É abençoado por Deus”, disse o aposentado Severino.

Trabalhando dia e noite, seu Severino, junto com a Luluzinha, foi responsável pelo sustento da família. Como seu Severino falou, ou seu Biu como é mais conhecido, já são anos de trabalho com a Luluzinha.Trabalho esse com dificuldades, nesse veículo sem ar-condicionado, a temperatura passa fácil dos 40 graus. Na Luluzinha também tem algumas improvisações curiosas, como peça de fogão e no painel um cadeado para proteger o tacógrafo.

Seu Severino também falou um pouco sobre a marcha ser tão diferente “Fica por trás da pessoa a alavanca, muita gente chama com ela o apelido de coça sovaco”, brinca.

“Ela nos criou, nos estruturou como pessoas e profissionais que somos. Ela formou quatro pedagogas com muito orgulho”, afirmou Rose Carvalho, uma das filhas de seu Severino.

É tanto carinho com o modelo altamente bem conservado, que no aniversário de 60 anos do caminhão, foi aquela festa, com bolo e tudo. Luluzinha é tão especial que ganhou uma paródia da música “Amigos”, composta por Roberto e Erasmo Carlos.”Você é minha amiga de fé, minha irmã e camarada. Amiga de todo momento em qualquer estrada”, finalizou o aposentado.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie