Em ação no ‘Junho Verde’, 2,5 t de lixo são retiradas do canal do Arruda

54

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nessa terça (5), uma ação da Prefeitura do Recife retirou lixo do canal do Arruda, na Zona Norte da Capital. O trabalho fez parte do início das atividades do “Junho Verde”, com o tema “Verde Urbano e Mudanças Climáticas”. O projeto consiste na realização limpeza urbana pelas ruas da Cidade, plantio de mudas e também leva conscientização ambiental para a população. Da última edição, segundo Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), 2,5 toneladas de resíduos foram retiradas do canal na avenida Professor José dos Anjos.

“A gente fez questão de iniciar essa ação no canal do Arruda, um local onde normalmente há muito lixo e entulhos. Estamos realizando todo um trabalho de conscientização ambiental com a redondeza para que haja o descarte correto do lixo e aproveitamos para realizar o plantio de diversas mudas para trazer uma arborização e convivência melhor para a região”, destacou o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Bruno Schwambach.

Estudantes da escola Brejo Municipal Professor Josué de Castro participaram dos trabalhos e prometeram cuidar das árvores. “Vamos cuidar das plantinhas. Elas vão deixar a natureza mais bonita”, disse o aluno Leonardo Costa. Na ação de ontem, foram instaladas mais de 20 caixas coletoras com capacidade para mil litros nas calçadas opostas ao canal, em ambos os lados da via. Cinquenta mudas de árvores também foram plantadas e toda a via recebeu uma limpeza durante a manhã.

O “Junho Verde” terá ações educativas, seminários, plantios e muitas outras atividades ao longo do mês. “O dia Mundial do Meio Ambiente é um dia muito importante para a Prefeitura do Recife, a Emlurb apoia todas as ações que vão ser feitas na cidade durante esse mês, não só para a conscientização ambiental. A gente veio aqui no canal do Arruda para realizar um trabalho ambiental junto a população. Vimos que era preciso melhorar ainda mais a estrutura operacional. Por isso, estamos colocando mais de 20 coletores de mil litros na área para a população depositar os dejetos e não poluir o canal.”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Habitação, Roberto Gusmão.

Deixe seu Comentário!