Em protesto contra aumento do diesel, caminhoneiros bloqueiam BR-101

49

A exemplo de outro estados do País, um grupo de caminhoneiros realiza em Pernambuco, nesta segunda-feira (21), manifestação contra a política de reajuste do diesel. O ato no Estado ocorre no quilômetro 83 da BR 101- Sul, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife.

Os caminhões ocupam uma faixa em cada sentido da rodovia, ao lado da Fábrica da Vitarella. O protesto acontece desde a manhã desta segunda-feira (21) e, de acordo com os manifestantes no início da noite, o ato não tem previsão para acabar. Aguardando o pronunciamento de alguma autoridade sobre o aumento, os caminhoneiros prometem nova mobilização nesta terça (22).

Segundo um dos líderes da manifestação, Ronaldo Miguel, o ato é pacífico e não tem previsão para término até que alguma autoridade se manifeste. “Estamos lutando por uma causa justa, somos contra o aumento quase que diário dos combustíveis, são cerca de 10 aumentos por mês. Não conseguimos entregar a carga com o combustível que abastecemos na saída. É impossível se manter”, disse. “Estamos aqui esperando uma autoridade para que nos dê uma satisfação, para que essa situação seja resolvida, queremos trabalhar mas desse jeito fica complicado”, finalizou.

O protesto, de acordo com Polícia Rodoviária Federal (PRF), está interditando apenas uma faixa, liberando outra para passagem de outros veículos como carros, motos, ambulâncias e ônibus. A via expressa Rota dos Coqueiros, acessada pela PE-028, é alternativa para quem segue no sentido do Complexo Industrial Portuário de Suape, bem como quem vem do Litoral Sul em direção ao Recife.

Os protestos nas rodovias foram anunciados na última sexta-feira (18) pela Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) e pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA). A convocação dos caminhoneiros pela ABCam foi feita como forma de cobrar medidas para reduzir o impacto do aumento do diesel, entre elas a isenção de tributos.

O ato é nacional. Além da paralisação en Pernambuco já foram registradas manifestações em 13 estados – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Ceará, Paraíba e Bahia.