Exame de DNA confirma que corpo encontrado é de criança sequestrada pelo padrasto

94

O resultado do exame de DNA do corpo da criança encontrada em Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, confirmou que é de Maria Irlaine Dantas da Silva, de 10 anos, sequestrada pelo padrasto no dia 10 de dezembro. A informação foi divulgada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco nesta terça (18). Ainda segundo a SDS, foram realizados exames sexológicos, que não constataram violência sexual.

O corpo de Maria Irlaine foi liberado na tarde desta terça do Instituo de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Recife. De acordo com o pai da vítima, o pedreiro João Pereira, ele seguirá diretamente para o cemitério de Barra de Guabiraba, no Agreste do Estado, onde será sepultado.

Entenda o caso
Maria Irlaine estava desaparecida desde o dia 10 de dezembro, quando foi levada pelo padrasto, José Carlos da Silva, 41 anos, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Ela foi encontrada morta às margens de um rio em Ribeirão. O padrasto também foi encontrado morto em Ribeirão, na quinta-feira (13), pendurado em uma ponte da BR-101.

O padrasto levou a criança sem o conhecimento da mãe, após uma briga. Iraneide teria terminado o relacionamento depois ser agredida por ele, que havia se tornado violento após ser diagnosticado recentemente com câncer.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie