Família é feita refém e sofre tortura em assalto dentro de casa

40

Uma família foi feita refém e sofreu tortura dentro de casa, durante um assalto no município de Ipojuca, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, três bandidos participaram da investida e usaram instrumentos de choque. No momento do crime, quatro adultos e duas crianças estavam na residência.

As vítimas foram resgatadas pela Polícia Militar. Na ação, houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu. Outro homem foi baleado e um terceiro foi preso. O crime ocorreu por volta das 22h da segunda-feira (21), no Engenho Santa Rosa, e foi divulgado nesta terça (22).

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, Anderson Antonio da Silva, de 23 anos; Augusto César da Silva, de 19 anos, e Robson José da Silva Melo, de 20 anos, arrombaram a porta dos fundos da casa e entraram para procurar dinheiro e armas.

Ainda segundo a polícia, o trio era conhecido por praticar assaltos na região. A corporação não informou qual instrumento de choque foi usado pelos bandidos.

Policiais do 18º Batalhão foram acionados. Ao chegar ao local, segundo a PM, eles foram recebidos com tiros disparados pelos assaltantes.

Os PMs reagiram e Anderson Antonio morreu na hora. Robson José foi baleado e encaminhado ao Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, onde fica sob custódia da polícia. Augusto César foi preso e encaminhado para a audiência de custódia.

O DE OLHO EM PERNAMBUCO entrou em contato com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para saber o resultado da audiência de custódia de Augusto César. O TJPE informou que até as 11h30 ele não tinha chegado ao Fórum de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

O Hospital Dom Helder Câmara informou que Robson José passou por cirurgia e está em situação estável. Não há previsão de alta médica.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie