Fim de ano tem nove mortes e 86 feridos em rodovias federais no Estado

103

O balanço total da Polícia Rodoviária Federal (PRF), incluindo o período de Natal e Ano Novo (23 de dezembro de 2017 a 1º de janeiro de 2018), contabilizou 124 acidentes, com 86 feridos e nove mortes. Em comparação com o mesmo período anterior foram registrados 109 acidentes, que deixaram 99 feridos e quatro pessoas mortas.

De acordo com o órgão, os atropelamentos decorrem, em geral, da falta de atenção do motorista na condução do veículo. A fim de reduzir a violência no trânsito no Estado, a PRF intensificará a fiscalização nas rodovias federais até o dia 22 de fevereiro. Trata-se da Operação Integrada Rodovida, que conta com o apoio de órgãos municipais, estaduais e da União.

Durante as operações de fim de ano, a PRF fiscalizou 921 veículos, resultando na emissão de 746 autuações. Entre as infrações, destacaram-se 46 por ultrapassagens em local proibido, 41 pelo não uso do cinto de segurança, nove pela falta da cadeirinha e quatro por conduzir motocicleta sem capacete. Além disso, também foram recolhidos 55 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 22 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).

Registrou-se, ainda, 29 toneladas de excesso de peso em veículos de transporte de cargas e o recolhimento de seis animais que estavam soltos às margens das rodovias. Esses animais, segundo o órgão, são considerados uma ameaça à segurança no trânsito.

A operação contou com o apoio do Núcleo de Operações Especiais, por meio dos Grupos de Policiamento Tático e do Grupo de Motociclismo da PRF, sendo presas seis pessoas por diversos crimes, tais como uso de documento falso, assalto a veículo, embriaguez ao volante e receptação.