Foragido se passa por primo e termina preso em Gravatá

134

Um foragido da Justiça pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo foi preso em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, na terça-feira (21). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem, de 29 anos, que não teve a identidade divulgada, tentou se passar pelo primo para tentar enganar a fiscalização.

O homem foi abordado no quilômetro 71 da BR-232, quando policiais suspeitaram de um forte odor de maconha vindo do carro que ele conduzia. Ele estava sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e apresentou um documento de identidade com diversos indícios de falsificação, de acordo com a PRF.

Aos policiais, o foragido admitiu ter utilizado os dados do parente para falsificar o documento e confirmou ter consumido maconha enquanto dirigia. Em seguida, o homem foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, de onde será reconduzido ao sistema prisional.

Deixe seu Comentário!