Governo de PE prega diálogo, mas não descarta uso da força policial

138

Em coletiva na tarde desta segunda-feira (28), o Governo de Pernambuco informou que vai continuar o diálogo com os caminhoneiros que ainda resistem e bloqueiam as rodovias no Estado. O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, reiterou que, se necessário, não abrirá mão do uso da força policial para que as atividades voltem ao normal em Pernambuco.

O secretário também garantiu que 150 caminhões estão deixando o Porto de Suape diariamente para abastecimento de serviços essenciais, como ronda policial motorizada na capital e no interior. De acordo com ele, o combustível excedente é distribuído à população.

Também na coletiva, o secretário de Planejamento, Márcio Stefani, destacou que está sendo colocada em prática a determinação do Governo Federal de suspender a cobrança do pedágio do eixo suspenso. Já o secretário de Saúde, Iran Costa, afirmou que o número de queimados cresceu 23% desde o aumento no preço do gás de cozinha.

O secretário de Educação, Fred Amâncio, ressaltou que as escolas estaduais e municipais funcionarão normalmente nesta terça (29).

Deixe seu Comentário!