Guarda Municipal de Olinda vai portar armas de fogo

31

145 agentes da Guarda Municipal de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, foram autorizados pelo Exército Brasileiro a licitar e adquirir 30 pistolas calibre .380 e três espingardas calibre 12. A decisão foi emitida no dia 29 de maio, por meio do Comando da 7ª Região Militar.

Segundo a Secretaria de Segurança Urbana de Olinda, a gestão municipal investiu R$ 150 mil na aquisição dos equipamentos. Após o processo licitatório, os agentes públicos passarão por exames psicológicos em instituições credenciadas pela Polícia Federal. Um total de 50 coletes de proteção balística, incluindo as capas e placas de proteção nível foram adquiridos ainda no mês de maio.

Em Pernambuco, apenas duas cidades estão com as Guardas Municipais armadas, Petrolina, no sertão e o Cabo de Santo Agostinho, na região metropolitana do Recife. Segundo o secretário de Segurança Urbana de Olinda, Coronel Pereira Neto, das 12 mil munições adquiridas na licitação, 10 mil serão utilizadas no processo de treinamento dos agentes. O secretário garantiu que todos os guardas municipais irão passar por um teste psicológico e um treinamento exaustivo para a utilização das armas.

Pereira Neto afirmou que a decisão de armar as guardas municipais é uma tendência a nível nacional. “Esse é um movimento a nível nacional que está ocorrendo. Já há a criação de políticas de segurança pública efetivas para atender os municípios”.