Homem é preso por esquartejamento para ritual em Moreno

136

Um homem foi preso por esquartejamento na noite da última quinta-feira (1º) em Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Após denúncias de moradores da localidade, policiais do 25º Batalhão de Polícia Militar (BPM) capturaram Diego José Ângelo dos Santos, de 26 anos, no Centro de Moreno. Na casa dele, na Travessa Francisco Peixoto, no bairro da Olaria, foram encontradas duas mãos, dois pés e uma orelha dentro de um balde. No interior do imóvel, foi achado ainda um crânio e uma arcada dentária.

Em depoimento informal, o homem afirmou que fez um ritual com o intuito de enriquecer. As investigações foram iniciadas pelo delegado Élder Tavares, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa. A polícia suspeita de que os restos mortais encontrados sejam de Marcos Ferreira da Silva, 35 anos, que está desaparecido desde o dia 13 de janeiro.

Revoltados, os moradores da localidade afirmaram que a possível vítima tinha problema com o alcoolismo, mas nunca fez nenhum mal a ninguém. Diego José foi levado para a sede do DHPP. Os membros encontrados na casa foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML), onde passarão por exames.

O presidente da Federação dos Cultos Afro Brasileiro de Pernambuco (FCABP), Paulo Dias, comunicou que Diego José não é associado a entidade e que a Federação proíbe a prática de ritual macabro.

A FCABP enviou ainda uma nota em repúdio aos espiritas que fazem uso de forças sobrenaturais para o propósitos maléficos e egoístas. “O objetivo dos espiritas de Pernambuco é prestar a caridade aos que estão precisando e dar assistência espiritual, fazendo o bem e cura daqueles que precisam”, destacou o comunicado, ressaltando que não permitirá que os espiritas de verdade sejam difamados por quem usa o nome da religião para pratica o mal.