Índios são diplomados professores em Caruaru

36

Alunos indígenas de Licenciatura Intercultural Indígena, subdividida em Linguagens e Artes, Ciências da Terra e da Natureza e Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), receberam nesta quarta (26), certificação de formação como professores. A cerimônia aconteceu no auditório do Senac, no Shopping Caruaru, Agreste do Estado. No total, 163 indígenas foram diplomados.

O curso é realizado pela Secretaria de Educação de Pernambuco. O intuito é de promover a capacitação inicial do professor indígena que está ministrando aulas nas escolas indígenas sem formação acadêmica ou licenciatura. Os formandos são indígenas de doze etnias – Atikum, Entre Serras Pankararu, Fulni-ô, Kambiwá, Kapinawá, Pankará, Pankararu, Pankaiwka, Pipipã, Tuxá, Truká e Xukuru – que dão aulas nas 147 unidades de ensino indígenas da Rede Estadual, que conta atualmente com 1.795 professores indígenas e esta é a segunda turma com diplomação.

Em 2013, a turma anterior licenciou 153 professores indígenas, uma formação que, segundo o superintendente de Política Educacional Indígena, Caetano Neto, vai possibilitar a realização de pesquisas que viabilizarão novas práticas de ensino e o fortalecimento da identidade dos estudantes.

O curso é destinado à formação dos professores indígenas que atuam na educação básica, particularmente nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio em escolas indígenas. Os egressos devem atuar na docência, na gestão escolar, e em práticas educativas escolares e não escolares.

Deixe seu Comentário!