Mais de 180 policiais militares reforçam guaritas e portarias da Funase

92

Os sete Centros de Atendimento Socioeducativo (Case) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) localizados nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Abreu e Lima, Timbaúba, Vitória de Santo Antão, Caruaru e Petrolina recebem neste mês um apoio de 186 Policiais Militares para reforçar a segurança nas guaritas e portarias das unidades em todo Estado. Com o reforço, o sistema socioeducativo passa a contar com 232 policias. Desse total, 112 atuarão nas unidades no grande Recife.

Também serão contemplados com a ação os Centros de Internação Provisória (Cenip) do Recife e de Caruaru, para socioeducandos, e o Cenip Santa Luzia (Recife), para socioeducandas. Também estão na lista as Casas de Semiliberdade (Casem) Casa Amarela e Rosarinho (no Recife, para o público masculino), Santa Luzia (no Recife, para o feminino), Garanhuns e Petrolina (para o masculino).

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Cloves Benevides, o reforço representa a manutenção da paz e da segurança nas unidades socieducativadas do Estado. Para Nadja Alencar, presidente da Funase, adotar medidas no reforço a segurança das unidades representa um trabalho importante na reinserção social dos jovens.

A Secretaria de Defesa Social junto a Funase está investindo para melhoraria das instalações utilizadas pelos policiais militares. De acordo com a Funase, um novo alojamento está sendo construindo para os PMs que atuam nos plantões do Case de Abreu e Lima, na região metropolitana do Recife.

Deixe seu Comentário!