Motorista da Uber é preso com maconha e arma falsa em Camaragibe

62

Um motorista do aplicativo Uber foi preso com 723 gramas de maconha e uma arma falsa em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. Ele informou aos policiais do 20º Batalhão da Polícia Militar que iria entregar a droga a mando de um detento do Complexo do Curado.

No momento da abordagem, que aconteceu no final da noite dessa quinta-feira (11), na rua Márcia de Windsor, no bairro de João Paulo II, o homem tentou jogar a culpa para os dois passageiros que estavam no veículo, mas terminou confessando ser o dono da droga.

Os policiais receberam denúncias de tráfico de drogas na região e se dirigiram ao local, onde encontraram o motorista e os dois passageiros próximos a um veículo Chevrolet Prisma. Ao perceberem a aproximação dos agentes, os passageiros fugiram por becos e ruas, mas o motorista da Uber não conseguiu escapar.

Uma vistoria no carro encontrou a maconha no banco traseiro. O motorista tentou enganar os policiais afirmando que a droga seria dos dois que fugiram, mas, nervoso, assumiu a culpa. Os policiais foram até a casa dele onde encontraram a arma falsa e seu celular com várias mensagens no WhatsApp de negociação de venda de drogas.

Segundo a Polícia Militar, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Camaragibe, onde foi autuado em flagrante. Ele não revelou a identidade do detento a quem prestaria o serviço de entrega da maconha.