Mulher de 32 anos é assassinada dentro de casa, em Olinda

102

Uma mulher de 32 anos foi morta com 30 golpes de faca dentro da casa onde morava, no bairro de Aguazinha, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife. O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (26). Familiares de Marcela Gomes Leite informaram que, como a mulher não saiu de casa, eles tiveram que arrombar a porta da residência da vítima.

Segundo a delegada Fabiana Leandro, da Delegacia de Homicídios de Olinda, Marcela pode ter sofrido violência sexual, já que ela estava despida. A investigadora solicitou exame sexológico. A autoria e a motivação do crime ainda não foram esclarecidas. No entanto, imagens de câmeras de segurança registraram o momento que um homem aparece limpando as mãos na calçada da casa da vítima.

Marcela, que trabalhava como auxiliar de ensino, morava com a filha, mas a menina não estava na hora do crime. A casa da vítima estava revirada e os vizinhos informaram que não ouviram nenhum barulho. Peritos do Grupo Especializado em Perícia de Homicídios, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foram encaminhados ao local. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Moradores do local pedem justiça. “Esse crime deixou todo mundo da comunidade perplexo. Ela era uma pessoa excelente. Não é envolvida com nada relativo a criminalidade. É uma morte bárbara, absurda e pedimos justiça para que esse caso não fique impune”, disse Ítalo Lima, vizinho da vítima.

Nas redes sociais, os amigos de Marcela também ficaram surpresos. “Estou com minha alma chorando. Ela era uma pessoa tão do bem, respeitosa, trabalhadora e que nunca fez mal. Só Deus pra consolar o coração das pessoas que a amavam”, disse Jacqueline Marques.