Pastor preso no Recife estuprava crianças durante encontros dominicais

74

O pastor evangélico de 52 anos que foi preso, na última sexta-feira (13), no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife, se aproveitava dos encontros dominicais e da evangelização de crianças para estuprar as vítimas. Os detalhes da prisão foram divulgados, nesta segunda (16), pelo delegado Darlson Macedo, do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA). De acordo com o gestor, o homem levava as crianças para participar de atividades na praia e na piscina. Como elas eram pequenas e possuíam baixa estatura, ele entrava com as meninas na água e cometia os atos libidinosos enquanto as abraçava.

Ele era pastor há 20 anos e liderava a Igreja Pentecostal Shalon. Ele teria estuprado, pelo menos sete crianças com idades entre 7 e 13 anos. Com uma das vítimas, o homem praticou sexo oral. Todas as crianças foram ouvidas por meio de uma escuta especializada e deram depoimentos semelhantes, segundo o delegado. “Foi uma situação de muita tristeza, de covardia e barbaridade. Ele usava as crianças para satisfazer sua lascívia. Ele era um abusador serial. Precisamos proteger as crianças, que ficam com sequelas durante muito tempo”, comentou o gestor da DPCA.

Segundo o delegado, são quatro inquéritos – um deles engloba quatro crianças que são netas da esposa dele dele. Os outros três inquéritos envolvem denúncias de outras três crianças que alegam ter sido abusadas pelo homem. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) não atesta conjunção carnal, mas ainda assim se configura estupro de vulnerável.

“Também já recebemos informações de algumas mulheres, que, hoje, são adultas, que revelaram que durante a adolescência teriam sido abusadas por ele”, comentou o gestor. O pastor negou as acusações de abuso sexual, mas mas, segundo o delegado, “fica difícil a tese dele se sustentar por conta da riqueza dos detalhes que as vítimas passaram”. O pastor está preso preventivamente por estupro de vulnerável no Centro de Observação e Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.

Deixe seu Comentário!