A suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino em Pernambuco, que acabaria nesta terça-feira (29), foi prorrogada até o dia 31 de julho pelo Governo do Estado. Em nota, o governo afirma que a Secretaria de Educação e Esportes “está trabalhando na elaboração de um plano para retomada das atividades presenciais que inclui um protocolo com diretrizes específicas para a educação, observando todas recomendações pedagógicas e sanitárias”.

As aulas estão suspensas desde o dia 18 de março no Estado por causa da pandemia do novo coronavírus e, de acordo com o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amancio, o plano para a retomada das aulas será dividido em três etapas. A Secretaria de Educação do Recife informou à reportagem da Folha de Pernambuco que a retomada das atividades só será feita quando o Governo do Estado estabelecer uma data.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Alexandre Rêbelo, a pasta da Educação vem dialogando com os diversos segmentos relacionados ao setor há mais de 40 dias, discutindo novos protocolos. Esses protocolos e o cronograma de retorno das atividades presenciais devem ser anunciados ao longo do mês de julho.