Polícia Civil deflagra operações contra quadrilhas em PE

123

Duas operações foram deflagradas pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (14) em Pernambuco. A primeira operação teve mandados cumpridos nas cidades do Recife, Carpina e Paudalho – estas últimas na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Já a segunda, ocorreu na cidade de Petrolina, no Sertão do Estado. As duas ações visavam associações criminosas suspeitas de homicídios e tráfico de drogas, sendo que a primeira delas, também é suspeita de associação para o tráfico de drogas, comércio de arma de fogo e munições e associação criminosa armada.

O chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral, falou sobre a primeira operação, na qual foram cumpridos 17 mandados de prisão preventiva – sendo sete deles contra detentos, nas cidades do Recife, Carpina e Paudalho; e 13 mandados de busca e apreensão domiciliar. “Vários homicídios são atribuídos ao grupo e eles são motivados pelo tráfico de drogas. Hoje foram apreendidos cocaína, maconha e armas de fogo. A organização foi completamente desarticulada”, afirma.

A investigação começou em novembro de 2017 e foi nomeada como Intramuros. Na execução, foram empregados 80 policiais civis. Esta foi a 22ª operação de Repressão Qualificada do ano, vinculada à Diretoria do Interior I – DINTER1, sob a presidência da Delegada Bárbara Fort. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, Zona Oeste do Recife.

Operação Desmonte II
A segunda operação, nomeada como Desmonte II, foi a segunda fase de uma investigação ocorrida em junho de 2017, na cidade de Petrolina, e prendeu uma organização criminosa atuante no tráfico de drogas e homicídios na cidade. Nessa nova fase da operação, o foco foi finalizar o trabalho e retirar das ruas os traficantes.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão domiciliar e três de prisão preventiva. A Delegacia de Homicídios também executou outros três mandados de prisão, fruto de relevante investigação para a cidade. A Operação Desmonte II já contava com outros três alvos presos por tráfico de drogas e outros delitos.

A ação é a a 23ª operação de Repressão Qualificada do ano e contou com a participação de 45 policiais civis, 20 policiais militares e 23 viaturas. Ela foi coordenada pelo Delegado Magno Neves, em parceria com a 12ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Narcotráfico- DPRN , coordenada pelo delegado Dark Blaker de Andrade. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para sede da 214ª Delegacia de Polícia de Petrolina.

Deixe seu Comentário!