Polícia prende suspeito de comandar assalto a carro-forte que deixou dois mortos e dois feridos

110

A Polícia Civil prendeu o homem suspeito de ser o comandante do assaltou um carro-forte, na frente da Caixa Econômica, no Pina, na Zona Sul do Recife. Na ação, houve troca de tiros, um vigilante morreu no local e um dos bandidos faleceu no hospital. Também foram baleados outro segurança e um motociclista que passava pela área.

Segundo a Polícia Civil, Carlos Henrique Batista da Silva, conhecido como VS, foi alvo de um mandado de prisão temporária, na quarta-feira (27). A corporação informou que ele foi o responsável pelos disparos que atingiram o vigilante José Trajano, que morreu no local.

O assalto ao carro-forte ocorreu na manhã do dia 13 de fevereiro, na Avenida Herculano Bandeira, uma das vias mais movimentadas do bairro. O suspeito que ficou ferido na troca de tiros foi preso horas depois.

José Geraldo Cordeiro da Silva seguiu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da Imbiribeira, na Zona Sul, e teve que ser transferido para o Hospital da Restauração (HR), na área central da cidade. A morte dele foi confirmada no dia 14 de fevereiro pela unidade de saúde.

Luciano Tenório da Silva, o vigilante que ficou ferido, recebeu atendimento no HR, passou por cirurgia e recebeu alta no dia 20 de fevereiro, segundo a unidade.

O motociclista seguiu para um hospital particular do Recife. A família dele pediu que não fossem repassadas informações sobre o quadro de saúde nem o nome dele.

Crime

Imagens de câmeras de segurança mostram a ação dos bandidos e a fuga em um carro branco. No dia do crime, a polícia informou que mais de R$ 200 mil tinham sido roubados. Os bandidos, de acordo com a corporação, também levaram armas dos vigilantes.

Os ladrões usaram dois carros para a ação, sendo um para chegar ao local e outro para fugir. O delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Carlos Couto, disse, no dia do crime, que a investida teve a participação de quatro homens.

De acordo com o policial, um dos homens estava na agência, armado, na área dos caixas eletrônicos e, quando o vigilante chegou. Sindicato dos Bancários afirmou que esse foi o primeiro assalto envolvendo uma instituição bancária que resulta em morte em 2019, em Pernambuco.

A SDS informou que a Força-Tarefa Bancos foi acionada para atuar no caso da investida ao carro-forte. A força-tarefa é composta pelas polícias Civil, Militar, Científica e representantes dos bancos, entre outros órgãos.

Em janeiro de 2019, não houve roubo a carro-forte nem registro de casos de explosão a banco ou caixa eletrônico, segundo a secretaria.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie