Postos de PE já receberam 700 mil litros de combustível, mas ainda é pouco

58

Já saíram do Porto de Suape, desde a sexta-feira (25), 700 mil litros de combustível destinados a vários postos de gasolina em Pernambuco. “Nós estamos vendo que as pessoas estão muito apreensivas, mas fazemos um apelo para que elas se acalmem. O governo está tomando as medidas necessárias e em torno de cinco dias poderemos ter 70% dos postos reabastecidos. A prioridade agora é saúde, segurança”, declarou o diretor-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis PE), Alfredo Pinheiros Ramos, durante reunião no Palácio do Campo das Princesas neste domingo (27).

Ele afirmou que o abastecimento dos veículos tem sido feito através dos comboios de caminhões tanques que têm sido escoltados pela Polícia Militar (PM). Os caminhões estão saindo em comboios de dez em dez e, caso esse ritmo seja mantido, a população poderá sentir o efeito da normalização dentro de quatro a cinco dias.

Ele reconheceu que o insumo que tem saído de Suape ainda é pouco se comparado ao 260 milhões de litros de combustíveis (gasolina, etanol e diesel) que os pernambucanos consomem por mês, mas lembra que a prioridade, no momento, é para o serviços essenciais e urgentes à população.

“Tem trabalhadores de postos que estão com medo de sua integridade física porque tem pessoas ameaçando, querendo partir para violência”, disparou. Sobre o preço da gasolina, Alfredo disse que não há como prever, mas que o Sindicombustíveis irá trabalhar contra os valores abusivos.