Prefeito de Goiana veta criação de 39 vagas de cargos comissionados na Câmara de Vereadores

40

O prefeito em exercício de Goiana, Eduardo Honório (MDB), vetou o projeto da Câmara de Vereadores do município que previa a criação de 39 novas vagas em cargos comissionados para o Legislativo municipal, aumentando em 35,45% o número total. Segundo a prefeitura, a decisão foi protocolada na segunda-feira (6), na Câmara.

A aprovação do projeto por parte do legislativo aconteceu no dia 17 de dezembro de 2019. Com os novos postos de trabalho, a casa passaria a contar com 149 cargos de confiança, com teto salarial de até R$ 8.950, a partir de 2020. Ao todo, o município tem 15 vereadores.

A assessoria de Eduardo Honório informou que um parecer jurídico, elaborado pelo gabinete do prefeito, apontou a existência de “impedimentos legais no projeto aprovado pelos vereadores”, como a ausência de análise do impacto financeiro da medida nos cofre públicos.

Entre as razões do veto, o prefeito apontou que o parecer da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização é genérico, ratificando “um relatório e um parecer que sequer é especificado ou anexado”.

Além disso, o executivo municipal alegou que havia recomendação para realização de concurso público para preencher cargos efetivos na Câmara, feita pelo Tribunal de Contas e pelo Ministério público do estado.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie