Protesto de policiais civis fecha rua no Centro do Recife

32

Um protesto interditou a Rua da Aurora, no Centro do Recife, nesta quinta-feira (7). Participantes de um congresso de policiais civis do Nordeste, realizado na cidade, promoveram um ato contra a possível demissão do presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Áureo Cysneiros.

De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transportes do Recife (CTTU), três duplas de batedores e duas duplas de orientadores acompanharam a manifestação. Cerca de 200 pessoas participaram do ato, que percorreu ruas da área central da cidade, até a sede da Polícia Civil.

Os manifestantes se concentraram no Parque Treze de Maio e seguiram até a Rua da Aurora. Eles carregavam faixas e cartazes com a foto do presidente do sindicato, que pode ser demitido pelo governo.

Um carro de som foi usado durante o protesto, que contou com a participação de integrantes de sindicatos de policiais civis de outros estados, como Alagoas.

Segundo a Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS), o comissário Áureo Cysneiros Luna Filho responde, atualmente, a três Procedimentos Administrativos Disciplinares (PADs).

A SDS afirmou que foi concluído, recentemente, um procedimento aberto por causa de transgressão a normas disciplinares de forma repetida. O servidor, disse o governo, já havia sido penalizado em seis processos administrativos.

Resposta
Por meio de nota, a Corregedoria da SDS afirmou que respeita o livre exercício de manifestação. Disse também que o amplo direito de defesa é garantido em todos os processos disciplinares.

No texto, a SDS informou que processos investigam a atuação de servidores enquanto policiais, sem qualquer relação com atividade sindical.

“Não há qualquer juízo de valor, apenas o cumprimento da legislação e regimentos das corporações”, afirmou a SDS.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie