Quatro suspeitos de assaltar e assassinar empresário em Aldeia têm prisão preventiva decretada

295

Os quatro homens presos por suspeita de assaltar e assassinar o empresário Mário Gouveia Júnior, de 78 anos, tiveram o flagrante convertido em prisão preventiva após audiência de custódia realizada nesta quinta (25). Segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco, eles respondem pelos crimes de roubo qualificado, porte ilegal de arma, organização criminosa e tráfico.

A audiência de custódia ocorreu no Fórum de Nazaré da Mata, na Zona da Mata. Após a sessão, Luciano Josuel de Santana, Cícero Romão Henrique da Silva Pino, Leonardo do Nascimento Silva e Rodrigo Gomes da Silva foram levados ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

O homicídio ocorreu na terça (23) após um assalto à casa do dono do Parque Aquático Águas Finas, no distrito de Aldeia, em Paudalho, na Zona da Mata.

As prisões aconteceram na noite da quarta (24), sendo três suspeitos encontrados em Camaragibe, no Grande Recife, e outro, no bairro da Guabiraba, na Zona Norte do Recife.

Nos locais onde os quatro suspeitos foram encontrados, a polícia apreendeu uma espingarda calibre 12, uma metralhadora calibre 9 milímetros, uma pistola calibre .380, um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .45, que pertencia ao empresário assassinado.

O advogado responsável pela defesa de Luciano e Cícero afirmou que os dois trabalhavam como seguranças no parque aquático da vítima. Na noite da terça (23), um quinto suspeito, baleado durante o assalto, morreu no Hospital Otávio de Freitas, no Sancho, na Zona Oeste do Recife.

Testemunha
O piloto de helicóptero Rodrigo Nogueira, de 38 anos, foi rendido e algemado pelos assaltantes, junto com a sua noiva, e sofreu ameaças dos criminosos. Foi ele quem levou o empresário para o hospital, após uma intensa troca de tiros entre Mário Gouveia e os bandidos, que, segundo testemunhas, chegaram encapuzados.

Rodrigo acredita que os bandidos que mataram o empresário tinham informações privilegiadas sobre dinheiro e armas guardados na mansão onde ocorreu o assalto. Ele mora em uma casa que fica no mesmo terreno onde residia Mário Gouveia. O piloto diz que foi usado pelos assaltantes para chamar o empresário, numa tentativa de abordar o dono do parque aquático despreparado.

O crime
Segundo a Polícia Civil, cerca de 15 homens encapuzados chegaram em duas caminhonetes e invadiram o parque aquático, que fica no mesmo terreno da casa do empresário. Os bandidos renderam os vigilantes e, em seguida, fizeram reféns o piloto do helicóptero de propriedade de Mário Gouveia e a noiva do piloto, que dormiam na casa vizinha.

Um dos carros foi roubado em Santa Maria do Cambucá, no Agreste, e encontrado no Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Ele tinha marcas de sangue e estava com o banco queimado. O outro veículo foi encontrado carbonizado no distrito de Guadalajara, em Paudalho.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie