Recife fará balanço regionalizado da vacinação de sarampo e pólio

69

Ao longo desta semana, o Recife deve revisar os índices de vacinação por distritos sanitários e fazer programações descentralizadas de imunização contra sarampo e poliomielite para as crianças de 1 ano até menores de 5 anos que ainda não receberam as doses. A iniciativa visa assegurar uma cobertura igualitária em todas as regiões da Cidade até o dia 31 deste mês, quando se encerra a campanha nacional de proteção ao sarampo e pólio.

Com duas semanas da força-tarefa de imunização nos postos de saúde e mais o Dia D, realizado no último sábado (18), a Capital conseguiu alcançar o índice global de 67% das crianças vacinadas. Até a sexta-feira (17) cerca de 28% do público infantil havia recebido as doses de tríplice viral e pólio na Cidade.

A mobilização do Dia D foi responsável pelo incremento de aproximadamente 40 pontos no índice atual. Contudo, a meta do Ministério da Saúde (MS) é de 95%. Em Pernambuco, a taxa, que estava na casa dos 21% na última semana, já ultrapassou a metade das 544.180 meninos e meninas incluídos como prioritários.

“Ficamos muito satisfeitos. Até sexta-feira estávamos com cerca de 28% de crianças vacinadas e no Dia D nós conseguimos chegar até quase 70%. O que é um grande resultado considerando o esforço que foi montado, que contou além de 170 pontos fixos, mais 15 volantes e os apoios da Sociedade de Pediatria de Pernambuco, Rotary e da imprensa”, comentou o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.

Outro fator destacou por Correia para o bom volume de pais em busca das doses para os filhos foram as recentes confirmações de casos de sarampo na cidade. “Evidente que este fato também serviu de um estimulo a mais”, disse.

A Capital tinha as vésperas do Dia D, 30 notificações de sarampo, com duas confirmações e 12 aguardando resultado laboratorial. No Estado, os quadros suspeitos chegam a 102, mas, desses, 52 permaneciam em investigação. Os doentes confirmados foram um homem de 27 anos e a sobrinha dele de 2 anos. Ambos não estavam com vacinação em dia. O homem tinha acabado de voltar de Manaus, no Norte do País, onde um surto da doença está instalado.

Jailson Correia informou que, apesar da Cidade esta com uma cobertura boa, as estratégias de vacinação continuam para atingir os 95% das crianças, como é preconizado pelo MS. Ele reforçou que todos os postos da Capital estarão disponíveis de segunda a sexta-feira, das 8h s 17h, para a aplicação das doses, e que ao longo dos próximos dias ações pontuais devem ser desenvolvidas em algumas localidades.

“Ao longo dessa semana nós vamos fazer um balanço e análise de cobertura regionalizada por cada distrito sanitário para ter um recorte de cada região da Cidade, se por ventura essa cobertura se dá de forma desigual. Frequentemente é o caso. Então, conseguimos nas últimas semanas de campanha fazer ações ainda mais focadas naqueles áreas que por ventura a campanha tenha tido de menor adesão”, explicou.

Mapa de notificações
Até agora 28 cidades pernambucanas têm casos notificados de sarampo. Além do Recife, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe; Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, São Lourenço da Mata também notificaram na 1ª Regional de Saúde. Compõe o mapa ainda Carpina, Escada, Bezerros, Bonito, São Bento do Una, São Caetano, Tacaimbó, Toritama, Águas Belas, Garanhuns, Ibimirim, Petrolina, Salgueiro, Itapetim, Solidão, Flores, Serra Talhada, Goiana e Timbaúba.

Deixe seu Comentário!