Recife firma parceria internacional sobre política de drogas

77

A fim de promover o fortalecimento da política de drogas da capital recifense, no sentido de recuperação e reintegração do ex-usuário na sociedade, a Prefeitura do Recife firmou uma parceria com a cidade de Medellín, capital da Colômbia, em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (29).

Será uma troca de experiências entre as duas cidades que possuem um quadro semelhante no que se refere à situação dos usuários de drogas. “A gente não tem ‘cracolândia’, mas temos cenas de uso em Recife”, aponta a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre drogas e Direitos Humanos do Recife, Ana Suassuna.

“Eles têm uma rede de atendimento que envolve várias secretarias integradas. O foco deles é a injustiça social, trabalham tanto a inclusão como o acolhimento, bem semelhante ao que acontece aqui no Recife”, explica o secretário-executivo de políticas sobre drogas do Recife, André Sena.

Para o gerente geral da secretaria de inclusão social de Medellín, Cesar Hernández, a prioridade está no manejo das pessoas consumidoras de drogas e o impacto em sua família. “Uma política pública não pode mirar apenas no problema, mas precisa apontar as soluções. É isto que estamos encontrando no Recife: políticas integradoras, políticas que estão trabalhando a reinserção social e política e que estão dando oportunidade de dignificação das pessoas.”

Dentre as medidas pensadas para atender aos usuários de drogas no Recife está o “farol social”, estratégia de inclusão que busca trabalhar a reintegração do ex-usuário junto à família e amigos. “Cada caso é muito singular. A gente vai ter que trabalhar bastante para que esse usuário possa conduzir a sua vida de forma íntegra”, conclui Suassuna.

Deixe seu Comentário!