Uma mulher de 19 anos, residente e natural de Natal-RN, foi presa no Aeroporto Internacional do Recife Guararapes/Gilberto Freyre com 15 quilos de maconha. A prisão foi feita durante a fiscalização de rotina para evitar o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes, na quinta-feira (14), mas só foi divulgada nesta segunda-feira (18), pela Polícia Federal.

De acordo com a PF, a suspeita tinha antecedentes criminais. Ela foi presa anteriormente por posse de cocaína. Através do procedimento padrão, os policiais perceberam que ela demonstrava bastante nervosismo, inquietação e impaciência quando era preparada para uma entrevista prévia.

Ao abrir a mala, os policiais acharam 15 tabletes enrolados com fita adesiva, totalizando um peso de 15,1 quilos de maconha. Além da droga também foram apreendidos um aparelho celular e passagens aéreas.

No depoimento, ela disse que estava devendo R$ 1 mil a um traficante e, por isso, tinha sido forçada a fazer uma viagem de Natal para Florianópolis, onde pegou uma mala com maconha e, depois, fez uma escala em Campinas (SP), desembarcando no Recife, onde entregaria a droga para outro traficante.

Após ser presa em flagrante, ela foi conduzida para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde foi autuada. Logo após, ela passou por um exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e levada para a audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.