Reforma em escola municipal atrasa início do ano letivo para mais de 800 alunos em Vitória de Santo Antão

478

O início do ano letivo na Escola Municipal Pedro Ribeiro, em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco, está atrasado há mais de 50 dias. Por causa de uma obra de reforma da unidade, 805 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental estão sem aulas.

“Eu estou achando um absurdo, podia ter começado. Eles [os alunos] ficam aí perdendo aula e sem aprender. Estou fazendo de tudo para eles não ficarem sem estudar”, conta Miriam Delfino, mãe de jovens que estudam no local.

A estudante Andreza da Silva Santos reclama da situação. “É horrível porque eu não estou estudando. Fico em casa sem aprender nada”, diz. O aluno Paulo Henrique Souza também lamenta esse atraso. “Eu só queria aprender para ser alguém na vida”, afirma.

No portão, um aviso alerta para a falta de previsão do início das aulas. Dentro da escola, algumas das salas de aula abrigam materiais de construção. Funcionários ajudam na arrumação e, devido à poeira, alguns chegam a usar máscaras.

Segundo o secretário de Obras de Vitória de Santo Antão, Rogério Canejo, a previsão é de que a escola seja reaberta aos alunos no mês de maio de 2019. “A reforma deve acabar entre 15 e 20 dias. Está tudo novo para os alunos”, declara.

Para não comprometer o aprendizado dos estudantes, a Secretaria de Educação do município pretende elaborar um novo cronograma. “Estamos preparando um novo calendário para que os alunos não sejam prejudicados”, diz o secretário-executivo de Educação, Jarbas Dourado.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie