Na tarde deste domingo (26), começaram a chegar a Pernambuco, os 13 primeiros respiradores, dos 35 que a Justiça determinou a busca e apreensão na empresa Intermed, em São Paulo. Em anúncio nas redes sociais, o governador Paulo Câmara afirmou que os novos equipamentos devem começar a ser distribuídos para a rede de saúde a partir desta segunda-feira (27).

“(Os respiradores) vão começar a salvar vidas a partir desta segunda-feira. Além disso, nossos esforços para abrir novos leitos continuam, e chegamos hoje a 712 novos leitos no Estado, sendo 333 de UTI e 379 de enfermaria. Esta é uma luta diária contra o coronavírus, e envolve, além do espaço físico, os respirados, os recursos humanos, insumos e muitos outros detalhes importantes para atender os pacientes de maneira adequada”, falou Câmara.

As máquinas que chegaram ao Recife neste domingo foram apreendidas pela Comarca da cidade de Cotia na sexta-feira (24). A expectativa é que até a próxima terça-feira (28), os outros 22 respiradores também já estejam desembarcando em Pernambuco. A busca e apreensão dos equipamentos foi determinada pelo juiz Teodomiro Noronha Cardoso, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Recife, atendendo a uma ação impetrada pela procuradoria geral do Estado.

Os 35 respiradores foram comprados pelo Governo de Pernambuco e deveriam ter sido entregues pela empresa Intermed Equipamento Médico Hospitalar Ltda. desde no último dia 20 de março. A empresa alegava que estava impedida de efetuar a entrega, pois o material teria sido requisitado pelo Governo Federal. O Ministério da Saúde respondeu, através de ofício, que esses aparelhos não foram objeto de requisição administrativa feita pela União.

Mesmo diante dos fatos, a empresa respondeu negativamente e a PGE agiu junto à Justiça garantindo o direito do Estado em relação ao recebimento imediato dos equipamentos.

Neste domingo, Pernambuco registrou mais 391 casos do novo coronavírus, chegando ao número de 4.898 casos. O número de óbitos também subiu. Mais 34 pessoas faleceram por causa da doença e agora o Estado totaliza 415 mortes. “Quanto menos contato com outras pessoas você tiver, menor é a chance de pegar a Covid-19. Faça o isolamento social por você, pela sua família, pelo próximo e por todos nós. Vamos salvar vidas”, alertou o governador.