Soldada da PM de Alagoas é baleada durante assalto em Pernambuco

88

A soldada Jaiane Rose Pereira Ribeiro, da Polícia Militar de Alagoas, levou três tiros de espingarda calibre 12, durante um assalto ocorrido no início da noite deste domingo (25), em uma estrada no município de Jundiá, no interior de Pernambuco, entre Rio Formoso e Sirinhaém.

Segundo informações da Polícia Militar, Jaiane – que é lotada na 2ª Companhia Independente de Joaquim Gomes, mas mora em Gameleira (PE) – tinha ido a Maceió com o marido para fazer a prova do concurso do Tribunal de Justiça. Na viagem de volta, a caminhonete do casal foi fechada na estrada pelos criminosos, que, ao verem seus documentos, descobriram se tratar de uma policial. Ela teria reagido e acabou levando três tiros: um no peito e dois nas mãos.

Jaiane foi levada para o Hospital Dom Hélder Câmara, no município de Cabo de Santo Agostinho (PE). Ela chegou em estado de choque, com taquicardia e uma perfuração no pulmão esquerdo, acima da mama.Houve lesão na mão esquerda, com perda de três dedos.

O marido da soldada não sofreu ferimentos. A caminhonete do casal – uma S10 branca, de placa PGO-5665 – foi levada pelos assaltantes.

ESFORÇO CONJUNTO

Em nota, o comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio, lamentou o ocorrido com a militar. Assim que obteve a informação sobre a ação criminosa, Sampaio manteve contato com os comandantes da unidade onde Jaiane é lotada e também com o comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco para unirem forças na captura dos bandidos.

“Não descansaremos enquanto não identificarmos e prendermos esses indivíduos que atentaram contra a vida de uma jovem mulher que assumiu a missão da Polícia Militar de Alagoas no cumprimento da Lei e que arrisca a própria vida em favor da sociedade alagoana. Com a ajuda da Coirmã Pernambucana chegaremos o mais breve possível aos acusados com o objetivo de não admitir que voltem a afrontar nossos integrantes. Que eles sejam punidos diante da Justiça pela agressão sofrida pela companheira?, afirmou o coronel Marcos Sampaio ao mesmo tempo em que se solidariza com os familiares da soldado Rose que ingressou na Corporação em 25 de janeiro de 2016 e convida a família miliciana à uma corrente de orações na esperança que sua saúde seja tão logo restabelecida.

Uma grande mobilização está sendo feita nos dois estados, e a informação é que os criminosos rumaram para Palmares/PE.