Suspeito de assassinar pastora é levado para o Cotel

87

O suspeito de assassinar a pastora evangélica Josefa Maria da Silva, de 43 anos, no bairro do Ipsep, na Zona Sul do Recife, teve a prisão convertida para preventiva, na tarde desta terça (7), e foi encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Após audiência de custódia no Fórum do Recife, José Luiz da Silva, de 37 anos, foi levado para a unidade prisional.

A decisão da juíza Maria da Conceição Godoi Bertholini apontou que José Luiz cometeu homicídio qualificado por motivo fútil, mediante recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa da vítima.

Segundo a Polícia Civil, Josefa, que era pastora na Igreja Missionária Rompendo em Fé, tinha acabado de estacionar o seu veículo na casa da namorada quando foi surpreendida por José Luiz, que saiu de outro veículo e disparou contra a mulher, que morreu no local. O crime aconteceu por volta das 22h na rua Presidente Kennedy. O corpo da pastora foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

Deixe seu Comentário!