Suspeitos de tráfico de drogas e homicídios são presos em operação em Passira

166

Foi deflagrada na última sexta- feira (31) a operação Ponta de Flecha, que desarticulou uma quadrilha que atuava com tráfico de drogas e homicídios no município de Passira, no Agreste. Foram cumpridos cinco mandatos de prisão e um de busca e apreensão de um menor de 17 anos.

Segundo o delegado Rodolfo Cartaxo, chefe do Denarc de Goiana, o grupo era comandado de dentro do presídio de Limoeiro por José Antonio Cavalcante da Silva, mais conhecido por ‘delegado’ ou ‘Gao’, preso desde 2006 por tráfico de drogas.

Foram apreendidos no dia da deflagração José Severino Santos Gadelha, conhecido por Tidé, que liderava o tráfico, Bruno Carlos Silva, que fazia a venda das drogas, e Domingos Ramos Deodato Junior, vulgo Kiko, que agia repassando informações da polícia para a organização criminosa. Era ele também que cometia os homicídios. Esse último atuava em milícia e só com ele foram encontrados uma pistola calibre 380, 73 munições do mesmo calibre, spray de pimenta, coletes, rádios de comunicação e um porta algemas.

Durante as investigações foram apreendidos José Ailton Inácio de Souza, que vendia os entorpecentes, Josinaldo Tabosa de Lima, conhecido como Tato, que vendia e fazia a distribuição da droga, Camila Felipe da Silva, esposa de ‘Gao’. Ela fazia o armazenamento e transporte da droga. Um menor de 17 anos também foi aprendido.

Além disso foram apreendidos no dia da operação doze pedras de crack, 242 papelotes de maconha e 2,150kg de maconha prensada, além de uma balança de precisão. Os presos foram encaminhado para o presídio de Limoeiro, no Agreste.

Deixe seu Comentário!

Anuncie