Trio é preso por suspeita de matar pai e filho para fazer ‘justiça com as próprias mãos’

214

Três homens foram presos em São Vicente Férrer, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, por suspeita de matar pai e filho, na terça-feira (7). Segundo a corporação, os homens praticaram o crime para “fazer justiça com as próprias mãos”, já que uma das vítimas, um jovem de 24 anos, tinha envolvimento com crimes na região.

Os homens foram presos na quinta-feira (11), durante a Operação Justiceiros, que teve o resultado divulgado nesta segunda-feira (15) pela polícia. De acordo com o delegado Marcos Nobre, o pai, de 43 anos, não tinha antecedentes criminais.

“Temos grandes indícios de que eles sejam justiceiros, porque uma das vítimas era envolvida com crimes na região e eles quiseram fazer justiça com as próprias mãos. Acabaram executando dois, sendo um inocente, que morreu de graça”, diz o delegado.

Os criminosos foram identificados com a ajuda de câmeras de segurança. No vídeo divulgado pela polícia, é possível ver os homens à espera das vítimas. Segundo o delegado, o caso começou num posto de gasolina.

Nobre disse que, antes de matar os dois homens, o trio, que se dizia da polícia, realizou uma perseguição de moto.

“Uma testemunha disse que eles gritavam que eram da polícia, para que as vítimas parassem e se entregassem. Tudo leva a crer que eles se passavam por policiais, por causa do material apreendido”, comentou.

Ao todo, foram expedidos três mandados de prisão, contra Willya Alves Mendes, Lucas Manoel da Silva e Petrônio Gonçalves da Silva. Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.

Um deles foi na casa de Manoel Messias Miranda de Farias, onde foram encontrados uma arma de fogo, capa de colete balístico, carteira e camisa de agentes de segurança, além de munições. Ele foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado durante a audiência de custódia.

Para o delegado, a operação teve o objetivo de evitar a criação de um grupo de extermínio na região.”Geralmente, isso começa assim. Pessoas comuns querendo fazer justiça com as próprias mãos”, observa.

Deixe seu Comentário!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS
Anuncie