Veja quem são as vítimas do acidente com o Globocop na Zona Sul Recife

123

Três pessoas com idades entre 21 e 37 anos estavam no helicóptero que caiu nesta terça-feira (23) na Zona Sul do Recife. Além da 1ª sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza, de 34 anos, eram tripulantes na aeronave o piloto Daniel Galvão, de 37 anos, e o operador Miguel Brendo, de 21 anos, funcionários da Helisae Helicópteros do Nordeste, terceirizada que opera o Globocop.

Daniel e Lia não resistiram aos ferimentos e morreram após o acidente. Miguel passou por cirurgia no Hospital da Restauração (HR) e segue internado em estado grave.

O acidente aconteceu por volta das 6h15. Momentos antes da queda, o telejornal matinal da emissora de televisão, o Bom Dia Pernambuco, mostrava que o dia começou com muita chuva na capital pernambucana. Pouco após o início do programa, a aeronave caiu.  

Miguel Brendo Pontes Simões, 21 anos

O operador de transmissão Miguel Brendo completou 21 anos no último domingo (21). Funcionário da Helisae há um ano e meio, ele trabalhava na captação, gravação e transmissão de imagens para a empresa, onde fez o curso de operador de sistemas. Miguel é enteado do capitão Wagner Monteiro, um dos donos da Heliase. O jovem sofreu vários traumatismos e choque hemorrágico. Ele chegou ao HR em estado extremamente grave e passou por uma cirurgia.

Lia Maria Abreu de Souza, 34 anos

Com 17 anos de atuação, a primeiro sargento da Aeronáutica trabalhou em São Paulo e no Acre antes de vir para o Recife, onde estava há aproximadamente dois anos. A sargento, que faria 35 anos nesta quinta-feira (25), deixou um filho de 2 anos. A família dela mora no Rio de Janeiro. Eles e o ex-marido de Lia, que mora em Brasília, já foram informados do acidente. Por ser controladora de voo, ela foi convidada pela empresa para participar da transmissão.

Daniel Cavalcanti Figueira Galvão, 37 anos

Comandante da aeronave, Daniel tinha mais de 1.300 horas de voo e trabalhava há seis anos na Helisae. Daniel tirou a licença de voo comercial de helicóptero em 2011 nos Estados Unidos e era apaixonado pela aviação. Ele estava casado há cerca de um ano com a médica Isabela Fonseca e não tinha filhos.