Vigilância Sanitária encontra irregularidades em motéis no Grande Recife

52

Às vésperas do Dia dos Namorados, a Vigilância Sanitária do Paulista, no Grande Recife, realizou, nesta segunda-feira (11), uma fiscalização em motéis da cidade. Foram constatadas irregularidades em alguns estabelecimentos, que foram notificados porque descumpriram normas sanitárias, além das documentações básicas de funcionamento.

O trabalho, que segue pelos próximos dias, pretende fiscalizar todos os motéis em funcionamento no município. Persistindo as irregularidades, eles podem ser interditados. Segundo a Vigilância Sanitária, a primeira parada foi no Motel Malice, localizado na PE-22, na altura da comunidade da Roseira.

Embora apresentasse boas condições de funcionamento, o estabelecimento foi notificado porque precisava atualizar as documentações, como alvará, licença do Corpo de Bombeiros e taxa de licença da Vigilância Sanitária. A equipe do município deu um prazo de 10 dias para a regularização. Também foi verificado que os alimentos acondicionados no freezer estavam sem data de fabricação e validade, o que precisa ser corrigido de imediato.

O segundo motel inspecionado foi o Cyril, que fica na mesma rodovia, em Maranguape I. O local estava descumprindo normas sanitárias, como acondicionamento de produtos; utensílios danificados na cozinha; higienização nos cômodos; equipamentos oxidados; impermeabilização dos colchões da cama; toalhas sem ser ensacadas. O motel também estava com as documentações desatualizadas. O responsável foi notificado e teve o mesmo prazo para se regularizar. As dificuldades sanitárias devem ser resolvidas o mais rápido possível.

Último estabelecimento vistoriado, o Cupido Motel, na Conceição, também foi notificado porque estava com as documentações desatualizadas. Os responsáveis também terão 10 dias para procurar à Superintendência de Vigilância em Saúde do município, que fica na Praça João Paulo XXIII, no Centro. Em relação à situação sanitária, o estabelecimento estava dentro dos padrões. Um dos poucos detalhes observados diz respeito ao piso da área de acesso a cozinha. No entanto, os responsáveis alegaram que já estão com um projeto de ampliação do espaço que vai contemplar o piso, e que a reforma deve começar em breve.

A diretora da Vigilância Sanitária do Paulista, Edileuza Maria de Jesus, explicou que esse tipo de fiscalização é de rotina, mas que sempre intensifica em determinados períodos do ano. O cliente que identificar algum tipo de problema em algum motel da cidade pode acionar a equipe da Vigilância Sanitária do Paulista, através do telefone 3437.0136, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Deixe seu Comentário!