Vítima de acidente com helicóptero da Globo tem melhora

293

O jovem Miguel Brendo Pontes Simões, 21 anos, permanece internado em estado grave na UTI do Hospital da Restauração (HR), no Recife, mas teve uma melhora no quadro clínico, conforme boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira (26) pela unidade de saúde.

Miguel segue utilizando ventilação mecânica, sedado, com uso de drogas vasoativas. No último dia 24, foi realizada uma tomografia de crânio e cervical que não apresentou lesões cirúrgicas. Já na quinta (25), foi realizada uma cirurgia na cavidade abdominal para retirada de compressa e drenagem do tórax.

O jovem foi vítima do acidente com um helicóptero que prestava serviço à TV Globo na última terça-feira (23). Funcionário da empresa Helisae, dona do equipamento, ele estava a bordo como operador de transmissão para gerar imagens aéreas para os telejornais da emissora. Além dele, também foram vítimas o piloto da aeronave, Daniel Galvão, 36, e a primeiro sargento da Aeronáutica Lia Abreu, 34, que morreram no local.

O caso é investigado pela Polícia Federal e pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa II). A previsão é de que o inquérito criminal sobre o caso fique pronto em até 90 dias. Já as apurações técnicas acerca do acidente aéreo podem demorar até um ano. Uma falha mecânica no rotor de cauda do helicóptero é uma das hipóteses investigadas.

Deixe seu Comentário!